O facto de ser ilegal ou não, não possui qualquer importância para quem está tão desesperado que equaciona a própria morte. Não é possível legislar sobre a dor pelo que tornar o suicídio ilegal não impede que quem esteja desesperado tenha sentimentos suicidas ou atente contra a sua própria vida. 

O facto de ser um acto ilegal só poderia deixar mais isolado quem o equaciona, já que a maioria das tentativas de suicídio são mal sucedidas, deixando assim quem o tenta numa posição ainda pior sendo agora considerados também criminosos. Em alguns países o suicídio é considerado um acto ilegal e noutros não o é. 
 
Em Portugal, o "incitamento ou ajuda ao suicídio" e "propaganda do suicídio" é considerado crime. Até 1961, o suicídio era considerado crime em Inglaterra.

 

Cesto de compras

O carrinho está vazio
Cortesia

A carregar...